economia mundial

Análise da especialista Helena Afonso sobre situação econômica mundial em 2019

A economia mundial atingiu um pico, mas deve continuar a crescer cerca de 3% nos próximos dois anos. A conclusão é do relatório Situação Económica Mundial e Perspectivas, apresentado esta segunda-feira em Nova Iorque. A especialista em assuntos econômicos Helena Afonso, do Departamento de Assuntos Económicos e Sociais da ONU, Desa, foi uma das autoras da pesquisa.

Destaque ONU News Especial - Situação Econômica Mundial e Perspectivas 2019

Neste Destaque ONU News Especial, a especialista do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU, Desa, Helena Afonso, fala sobre o relatório Situação Econômica Mundial e Perspectivas 2019.

Economia mundial teve em 2017 maior crescimento em seis anos
BR

Relatório da ONU revela que economia se expandiu cerca de 3% este ano; estudo destaca momento de oportunidade para definir políticas a longo prazo; riscos incluem condições de liquidez globais e retirada brusca de capital.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Economia mundial teve em 2017 maior crescimento em seis anos
BR

ONU reduz previsão de crescimento global para 2,8% em 2015
BR

Relatório do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais mostra que em 2016 a economia mundial deve crescer 3,1%; para o Brasil, o Desa afirma que PIB vai contrair neste ano.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

ONU reduz previsão de crescimento global para 2,8% em 2015
BR

Desastres custam ao mundo até US$ 300 bilhões ao ano em perdas
BR

Informação está em relatório sobre redução do Risco de Desastres; 3ª Conferência Mundial da ONU sobre o tema começa dia 14 de março, em Sendai, no Japão; Brasil é citado pelo “desenvolvimento urbano desigual”.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Desastres custam ao mundo até US$ 300 bilhões ao ano em perdas
BR

OIT alerta que panorama global de empregos vai piorar até 2019
BR

OIT alerta que panorama global de empregos vai piorar até 2019
BR

Relatório da agência da ONU diz que mais de 201 milhões de pessoas estavam desempregadas no mundo em 2014; economia mundial vai continuar expandindo em taxas muito menores do que antes da crise financeira de 2008.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -