ébola

RD Congo: surto de violência em área afetada por ebola deixa moradores em perigo
BR

Ataques a comunidades no leste do país provocaram crise humanitária e ameaçam distribuição de ajuda; agências da ONU foram forçadas a suspender ajuda e transferir funcionários; mais de 275 mil pessoas tiveram de abandonar suas casas.

Centenas sob risco de contrair ebola na RD Congo após contato com motociclista morto pela doença
BR

Organização Mundial da Saúde, OMS, está preocupada com efeito multiplicador de contágio; agência da ONU diz que insegurança atrapalha trabalho; desde agosto de 2018, doença matou 2.197 pessoas no país africano.

OMS cita “circunstâncias muito complexas” na resposta ao ebola na RD Congo
BR

Autoridades congolesas revelam que contaminações continuam em comunidades de áreas remotas; agência da ONU mantém cerca de 800 pessoas em ações de resposta ao surto.