Filtrar por conteúdo:

doenças cardiovasculares

Aiea desenvolve tecnologia para melhorar tratamento médico BR

Agência da ONU em parceria com organização americana vão cooperar para melhorar cuidados de saúde dos pacientes que sofrem do coração; doenças cardiovasculares matam 17,5 milhões de pessoas por ano, 31% dos óbitos globais.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

A Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, firmou parceria com a Sociedade Americana de Cardiologia Nuclear para melhorar os cuidados médicos no tratamento de pessoas com doenças do coração.

OMS lança nova iniciativa para combater maior causa de mortes no mundo BR

Mais de 17 milhões de pessoas perdem a vida, anualmente, de doenças cardiovasculares, principalmente infartos e derrames; em entrevista à Rádio ONU, porta-voz da iniciativa afirmou que maioria dos casos é em países em desenvolvimento.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Às margens dos debates da 71ª Assembleia Geral da ONU, a Organização Mundial da Saúde, OMS, e parceiros lançaram a iniciativa “Global Hearts” ou “Corações Globais”.