Direitos Humanos

Especialistas da ONU condenam “falha” da Itália em resgatar 200 migrantes
BR

Comissão de Direitos Humanos divulgou decisão sobre caso ocorrido em 2013, quando uma embarcação que transportava mais de 400 pessoas afundou no Mar Mediterrâneo; barco pesqueiro foi alvo de tiros e pediu ajuda da Itália, mas solicitação foi repassada às autoridades de Malta que chegaram tarde demais.

Crianças desacompanhadas integram caravana de migrantes da América Central
BR

Agências humanitárias da ONU na Guatemala e em Honduras fornecem apoio após chegada de caravanas a caminho dos Estados Unidos; pelo menos 80 crianças hondurenhas estavam viajando sozinhas; milhares estão retornando voluntariamente.

Aumento de insegurança e violência urbana no Haiti preocupa Nações Unidas 
BR

Escritório de Direitos Humanos divulgou nota dizendo que pobreza e desigualdades estruturais combinadas a crescentes tensões políticas podem levar a repressão policial e outras violações de direitos humanos. 

Nações Unidas profundamente preocupada com ataques crescentes na Venezuela
BR

Porta-voz do Escritório de Direitos Humanos disse que violência a entidades da sociedade civil, defensores de direitos humanos e jornalistas tem aumentado; incidente de 12 de janeiro foi o segundo em dois meses contra uma ONG humanitária.

Relatores da ONU dizem que chegou a hora de fechar a prisão de Guantánamo
BR

Em comunicado conjunto, nove especialistas em direitos humanos pediram ao próximo governo dos Estados Unidos que acabe com o presídio e disse que os detidos no local correm risco de morte devido à deterioração da saúde e as condições desumanas de detenção.

ONU pede libertação imediata de dezenas de pessoas detidas em Hong Kong
BR

Escritório de Direitos Humanos expressou preocupação com prisão de mais de 50 ativistas políticos, acadêmicos, ex-legisladores, vereadores e advogados na quarta-feira; aprovação de nova Lei de Segurança Nacional, em junho, levou a meses de protestos de rua.

Relator saúda com cautela decisão de não extraditar Julian Assange para EUA
BR

Em comunicado, Nils Melzer diz que veredicto confirma avaliação dele próprio de que ativista e criador do WikiLeaks estaria exposto a “condições de detenção desumanas e degradantes” em solo americano; país informou que apelará da decisão.