Direitos Humanos e Extrema Pobreza

Na Guiné-Bissau, relatora pede prioridade para pobres e marginalizados

Especialista da ONU para Pobreza Extrema e Direitos Humanos desencoraja o que considera “disputas de poder a curto prazo”; para Magdalena Sepúlveda, mulheres e meninas têm seus direitos e necessidades negligenciados.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Na Guiné-Bissau, relatora pede prioridade para pobres e marginalizados