deslocados

ONU avalia necessidades de mais de 4,5 milhões de centro-africanos