desemprego

América Latina e Caribe: período de 2014-2020 será o de menor crescimento em 70 anos
BR

Novo relatório diz que os motivos são redução da demanda interna, baixa procura externa e fragilidade dos mercados financeiros internacionais; para Brasil, projeção de crescimento é de 1% este ano e de 1,7% em 2020.

Banco Mundial: fragilidade econômica afeta indicadores sociais na América Latina e Caribe
BR

Segundo novo estudo, neste ano, expectativa de crescimento lento para região deverá continuar influenciando as taxas de pobreza e desemprego; 

700 milhões de pessoas vivem em pobreza extrema ou moderada, apesar de terem emprego

Novo relatório afirma que empregos de má qualidade são o maior problema do mercado de trabalho global; igualdade de gênero, informalidade, desemprego jovem e de longa duração continuam sendo preocupações.