desastres naturais

Jornal da ONU - 24 de junho de 2019

Áudio -
5'20"

Destaque ONU News - 25 de março de 2019

Neste #DestaqueONUNews, chefe do Unicef visitou zonas afetadas por ciclone em Moçambique; António Guterres marcou o Dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravidão. No final, conheça as recomendações de uma agência da ONU para reduzir os efeitos de desastres naturais.

Pnuma lembra importância de mitigar efeitos das catástrofes naturais

Agência da ONU destaca importância de Manual da Consciencialização e Preparação para Emergências a Nível Local; entre 1998 e 2017, países perderam US$ 2,245 bilhões em desastres relacionados com o clima.

Agricultores filipinos utilizam drones para ajudar nas plantações
BR

Parceria entre FAO e Departamento de Agricultura do país assessora agricultores a empregarem tecnologia para avaliaram tamanho e condições das plantações e danos causados por desastres naturais.

Perdas econômicas causadas por desastres naturais climáticos aumentam 151%
BR

Novo relatório diz que maiores perdas foram registradas nos Estados Unidos, China e Japão; terremotos e tsunamis causam maior número de mortos; países de rendas média e baixa são afetados de forma desproporcional.

Banco Mundial avalia desastres do passado para minimizar danos no futuro

Foco de novo estudo são catástrofes naturais para melhorar proteção de pessoas e infraestruturas; México acolhe especialistas globais para debater risco na próxima semana.

“Mudança climática continua sendo a maior ameaça à raça humana”
BR

Afirmação é do secretário-geral António Guterres; em encontro com jornalistas, ele cita recorde de US$ 320 bilhões em prejuízos causados por desastres naturais; chefe da ONU pede redução de 25% dos gases até 2020; ao comentar saída dos EUA do Acordo de Paris, ele diz que papel dos governos é cada vez “menos relevante”.

 

Setor agrícola perdeu US$ 96 bilhões devido a desastres naturais

Estudo da FAO mostra que metade do prejuízo aconteceu na Ásia; seca é o evento climático que mais ameaça as plantações, as florestas e os animais; pestes e doenças também interferem na agricultura.

Unicef amplia ações na América Latina e Caribe devido a desastres naturais
BR

Unicef amplia ações na América Latina e Caribe devido a desastres naturais
BR

Vice-diretor de programas de emergência da agência ressaltou que crianças na região enfrentaram “desastres naturais de proporções épicas em setembro”; para apoiar sua resposta humanitária em Cuba, Haiti, México e partes do Caribe, Unicef fez um apelo de US$ 18,1 milhões.

Áudio -