desastres

Danos econômicos causados por terremotos e tsunamis aumentaram mais de 67% em 20 anos

Nações banhadas pelos oceanos Índico e Pacífico têm mais mortes e perdas; este 5 de novembro é o Dia Mundial da Conscientização sobre Tsunamis; em nível global, prejuízos atingiram  US$ 661,5 bilhões entre 1998 e 2017; terremotos e tsunamis causaram perdas de US$ 410,9 bilhões nos 20 anos anteriores.

Cerca de 104 milhões de crianças estão fora da escola devido a conflitos e desastres

Novo relatório afirma que um em cada cinco jovens entre os 15 e os 17 anos em países afetados por conflitos nunca estudou; situação deve afetar 1,3 bilhão de pessoas entre os 10 e os 19 anos em 2030. 

Reduzir risco de desastres vital para desenvolvimento sustentável
BR

Avaliação é de representante do secretário-geral sobre o tema, Robert Glasser; nos últimos 20 anos, mais de 1,3 milhão morreram em desastres; este 13 de outubro, marca o Dia Internacional para Redução do Risco de Desastres.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Reduzir risco de desastres vital para desenvolvimento sustentável
BR

Guterres diz que risco nuclear é a crise mais perigosa do mundo atualmente
BR

Duas semanas antes da chegada de líderes internacionais à ONU para os debates da Assembleia Geral, chefe das Nações Unidas destaca três temas urgentes: Coreia do Norte, Mianmar e mudança climática.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Guterres diz que risco nuclear é a crise mais perigosa do mundo atualmente
BR

Unicef : “falta de fundos ameaça acesso à educação de milhões de crianças”

Unicef : “falta de fundos ameaça acesso à educação de milhões de crianças”

Nova embaixadora da Boa Vontade da agência leva recado a membros do G20 em Hamburgo; secretário-geral das Nações Unidas participa no evento; Unicef quer beneficiar 9,2 milhões de crianças afetadas por crises humanitárias.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -

Unicef: 535 milhões de crianças vivem em áreas de conflito ou desastres
BR

Unicef: 535 milhões de crianças vivem em áreas de conflito ou desastres
BR

Relatório da agência da ONU afirma que esses menores de idade não têm acesso a cuidados médicos, educação de qualidade, nutrição apropriada nem proteção.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -