crise humanitária

Crise humanitária na República Centro-Africana é a terceira maior do mundo

Quase 3 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária; Programa Mundial de Alimentação pretende mais do que dobrar seu apoio e, para isso, são necessários mais US$ 35,5 milhões até o final de 2019.

Luso-brasileira explica como atua na nova missão da ONU no Iémen

Sílvia Carvalho está na mais nova missão criada nas Nações Unidas, no Iémen, país que é hoje considerado um dos que enfrenta a maior crise humanitária do mundo. Em entrevista à ONU News, a luso-brasileira explica sua atuação na área da logística da Missão de Verificação, em Hodeida.

ONU e setor privado lançam iniciativa para melhorar auxilio humanitário na Nigéria
BR

Fundo Humanitário quer aumentar resposta no nordeste nigeriano e nas nações vizinhas; a estima é de que 7 milhões de pessoas precisem de ajuda; insegurança alimentar devido ao conflito afeta 3 milhões de nigerianos.

Ataques no Iêmen causam morte de pelo menos 24 civis

Violência na cidade portuária de Hodeida causa mortes entre os moradores e força milhares de pessoas a abandonar suas casas; crise humanitária piorou, com 14 milhões de pessoas em risco de fome.

Cerca de 45% de iemenitas podem correr risco de morrer de fome até o fim do ano
BR

Nações Unidas alertam para aumento em quase um quinto sem mudança no cenário atual; razões de apreensão incluem escalada do conflito, restrições à ação humanitária e redução nas importações.

ONU: Crise humanitária no Iémen “gera sofrimento intolerável”
BR

ONU: Crise humanitária no Iémen “gera sofrimento intolerável”
BR

Conselho de Segurança acompanhou informes sobre situação humanitária e esforços de mediação; cólera afetou 800 mil pessoas no país; pelo menos 17 milhões de iemenitas enfrentam insegurança alimentar; mais de um terço dos distritos enfrentam grave risco de fome no país árabe.

Áudio -

Conflito e instabilidade aumentam muito custo de assistência alimentar
BR

Conflito e instabilidade aumentam muito custo de assistência alimentar
BR

Alerta é do Programa Mundial de Alimentos, PMA; agência da ONU afirmou que seus custos subiram mais de 140% em um período de sete anos.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Relatores alertam sobre falta de energia que afeta mais de 2 milhões em Gaza
BR