Cplp

Cplp renova compromisso de apoio a eleições na Guiné-Bissau

Angola financia escrutínio com US$ 1 milhão, através do Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud; chefes de Estado dos países lusófonos encontraram-se à margem da Assembleia Geral, em Nova Iorque.

Portugal quer parcerias sobre economia do mar sem “domínio de um país sobre o outro”

Ministra do Mar destaca cooperação em formação e negócios com Angola, Cabo Verde, Moçambique, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe; Governo português coordena Conferência Global sobre os Oceanos de 2020.

Mais material em português ajudaria com ações de regulação na África, diz OMS

Diretora-geral-assistente da Organização Mundial da Saúde, Mariângela Simão, afirma que países de língua portuguesa podem ser ainda mais beneficiados se literatura sobre regulação de medicamentos, que é geralmente produzida em inglês e francês, também fosse escrita em língua portuguesa.

ONU apoia preparação das eleições na Guiné-Bissau

Conselho de Segurança debateu relatório do secretário-geral sobre o país;  documento pede rapidez e revisão da Constituição  para prevenir impasses nas áreas política e de instituições; projeto de apoio eleitoral requer fundos de doadores.

12ª Cimeira da Cplp: enviado da ONU quer representação do bloco lusófono em Bissau

Para representante do secretário-geral na Guiné-Bissau, medida seria importante no debate da situação guineense; brasileiro José Viegas Filho destaca “papel importante” do bloco para coordenar posições internacionais.

FAO reafirma apoio a países da Cplp para erradicar fome e subnutrição

II Reunião do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do bloco lusófono acontece esta semana em Cabo Verde; diretor-geral da FAO participou no encontro e pediu aos países que combatam obesidade e se preparem para mudanças climáticas.

Vozes de lusófonos marcam evento que pediu atenção a jovens no momento

Iniciativas, histórias e projetos marcaram Diálogo de Jovens na ONU; participantes de Portugal, Brasil e Guiné-Bissau falam de potencial e cooperação para dar mais poder ao grupo.

Guterres: “Há uma reação hoje no mundo pela afirmação da diversidade”

Chefe da ONU falava a jornalistas este sábado durante as celebrações do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da Cplp na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque.

ONU, em Nova Iorque, abriga celebrações sobre o Dia da Língua Portuguesa

Comemorações começam em 4 de maio com o primeiro debate com líderes e ex-líderes das Academias da Língua ou Ciências em Angola, Brasil, Cabo Verde e Portugal; à noite, delegações de todos os países-membros participam de um concerto de música lusófona oferecido pelo Brasil, na presidência da Cplp; em 5 de maio, Dia da Língua Portuguesa, comunidades lusófonas vêm à ONU para eventos que encerrarão as comemorações.

Especialista quer união de esforços para fim da malária em países da Cplp

Em Coimbra, professor angolano Filomeno Forte chamou a atenção sobre as responsabilidades pela fraca atuação comunitária; declarações foram feitas no Encontro Regional da Cimeira Mundial da Saúde, o primeiro em Portugal.