coronavírus

Casos de Covid-19 no mundo sobem 55%; OMS recomenda adaptação das vacinas
BR

Durante os dias 3 e 9 de janeiro foram reportados 15 milhões de novas infecções; alta aconteceu em todas as regiões, menos na África; especialistas da Organização Mundial da Saúde acreditam que imunizantes atuais precisarão de ajustes para continuarem sendo eficazes contra a Ômicron e futuras variantes.  

Pandemia entra no terceiro ano e especialista brasileira fala em "otimismo, mas não complacência"
BR

Diretora-geral-adjunta da OMS, Mariângela Simão explica que apesar da alta nos novos casos de Covid-19, as vacinas continuam salvando vidas e situação é melhor do que há dois anos; novas variantes ainda podem surgir devido a baixas taxas de imunização em alguns países.  

Mais de 50% da população na Europa poderá ser infectada pela Ômicron nas próximas semanas
BR

Diretor da OMS no continente cita estimativas do Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde; Hans Kluge explica que variante já está se tornando a dominante na região europeia, sendo reportada por 50 dos 53 países. 

Ômicron não deve ser classificada como uma variante “leve”, declara chefe da OMS
BR

Diretor-geral da agência afirma que 2022 começou com um “tsunami de novos casos”, com nova variante matando pessoas e deixando os hospitais superlotados; Tedros Ghebreyesus aponta desigualdade na distribuição das vacinas como maior falha ocorrida no ano passado. 

OMS: estudos apontam que Ômicron afeta trato respiratório superior
BR

Especialista da agência afirma ser boa notícia o fato da variante não atingir os pulmões, porém pede cautela já que mais análises são necessárias; na África do Sul, onde foi descoberta, grande subida de novos casos não levou ao aumento das mortes. 

Covid-19: vacina é segura para menores, mas OMS alerta para foco na cobertura
BR

Avaliação aponta que benefícios da vacina mRNA na redução de hospitalizações e mortes superam os riscos da doença em todas as faixas etárias; agência reforça a importância de ampliar a cobertura vacinal e atingir 70% da população nos próximos seis meses.

Para OMS, falha na meta de vacinar 40% da população é “vergonha moral”
BR

Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Ghebreyesus afirma que lacuna na imunização custou vidas e permitiu mutação do vírus da Covid-19; ele pediu compromisso dos países desenvolvidos com cobertura vacinal global de 70% até julho de 2022. 

Novos casos de Covid-19 sobem 11%, com maiores incidências na Europa e nas Américas
BR

Organização Mundial da Saúde revela que em todo o mundo, quase 5 milhões de pessoas foram infectadas entre os dias 20 e 26 de dezembro; variante Ômicron já é dominante no Reino Unidos e nos Estados Unidos, mas dados preliminares sugerem risco reduzido de internação na comparação com a Delta. 

Em mensagem de Ano Novo, Guterres afirma que 2022 pode trazer recuperação
BR

Secretário-geral da ONU destaca que esperança no futuro está sendo colocada à prova, mas ele acredita que humanidade pode superar “testes”; António Guterres quer plano ambicioso para vacinar todas as pessoas, em todos os lugares, contra a Covid-19.  

 

Pandemia segue ameaçando milhões de empregos no setor de turismo, diz ONU
BR

Organização Mundial de Turismo, OMT, revela que 2021 foi desafiador, mas espera que próximo ano seja momento de recomeço, renovação e de investimentos num turismo mais sustentável em todo o mundo; em 2021, agência lançou prêmio sobre vilarejos turísticos.