Corno de África

Agência de migração da ONU precisa de US$ 60 milhões para Corno de África

Objetivo é ajudar 16 milhões de pessoas que sofrem dos efeitos da pior seca em décadas na região no leste do continente; Organização Internacional para Migrações prevê mais deslocados devido à falta de chuvas.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -

Agência de migração da ONU precisa de US$ 60 milhões para Corno de África

Com continuação da seca, Corno de África prepara-se para outra época de fome

Alerta é da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, a calcular que 12 milhões na Etiópia, Quénia e Somália precisam de assistência alimentar; agência defende que apoio agrícola imediato é fundamental para proteger gado e equipar famílias para temporada de chuvas.

Áudio -

Com continuação da seca, Corno de África prepara-se para outra época de fome

Financiamento de US$ 175 milhões beneficia o Corno de África

Empréstimo do Banco Mundial servirá para comunidades a hospedar refugiados na região; ideia é mitigar o impacto causado nas cidades que abrigam deslocados; Etiópia, Uganda e Djibouti são os países beneficiados.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Financiamento de US$ 175 milhões beneficia o Corno de África

Previsão de chuvas gera otimismo para o Corno de África

OMM divulga estudo realçando nove países que devem receber chuva nos próximos três meses; previsões iniciais davam conta de 22 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar com destaque para a Etiópia.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Previsão de chuvas gera otimismo para o Corno de África

Dezenas de sobreviventes etíopes de tragédia na Somália voltam para casa

Programa de retorno voluntário da Organização Internacional para Migrações anunciou regresso de 64 pessoas retornaram à Etiópia; 36 migrantes morreram no início de janeiro em naufrágio na costa da Somalilândia.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Dezenas de sobreviventes etíopes de tragédia na Somália voltam para casa