conflitos

ONU marca Dia Internacional para Proteger a Educação de Ataques  
BR

Secretário-geral, António Guterres, realça vulnerabilidade de menores e jovens em tempo de pandemia, na primeira vez que marca a data; mais de 75 milhões de pessoas entre três e 18 anos vivem em 35 países afetados por ameaças e crises. 

RD Congo: Aumento da violência ameaça milhares de pessoas em Kassai Central

Alerta é da Agência da Nações Unidas para os Refugiados; conflitos provocaram mais de 24 mil deslocados internos e refugiados somente em agosto; períodos de violência na região marcam fuga das populações para Angola; agência apela ao renovar do foco no Kassai. 

Conselho de Segurança endossa apelo a cessar-fogo global imediato
BR

Resolução aprova pausa humanitária de pelo menos 90 dias consecutivos em todo o mundo; medida enfatiza países em conflitos armados, situações de pós-conflito e crises humanitárias.

Quase 5 milhões de crianças precisarão de assistência humanitária no Sahel em 2020
BR

Segundo informações do Unicef, aumento da violência é a principal causa; Burkina Fasso, Mali e Níger são os países mais afetados; agência precisa de US$ 208 milhões para resposta humanitária. 

Número recorde de 168 milhões de pessoas precisarão de ajuda em 2020
BR

Panorama Humanitário Global foi publicado esta quarta-feira; choques climáticos, surtos de doenças e conflitos são as principais causas do aumento; número de necessitados deve continuar a crescer, chegando a mais de 200 milhões em 2022.

Unicef apoia programa de aulas pelo rádio para crianças em Camarões
BR

Agência da ONU participa de iniciativa, que vai durar nove meses, para cobrir falta de aula causada pela violência no noroeste e sudoeste do país africano; Unicef afirma que todos os lados do conflito têm de proteger os alunos e seu direito de estudarem;

Iêmen: ONU preocupada com violência que causou centenas de vítimas em Áden

Cerca de 40 pessoas foram mortas na cidade que foi palco de combates entre rebeldes e tropas leais ao governo apoiado pela comunidade internacional; outros 260 iemenitas ficaram feridos nos confrontos dos últimos dias.

FAO prevê insegurança alimentar para 9,7 milhões de pessoas no Sahel

Cerca de 2 milhões de crianças correm risco de sofrer de desnutrição aguda na região africana; FAO quer maior atenção para áreas como Lago Chade, Níger, Burquina Fasso e Mali.

Conflito no nordeste da Nigéria já deslocou mais de 134 mil pessoas este ano

Nações Unidas alertam para piora de fragilidade em áreas como insegurança alimentar, desnutrição e epidemias; representantes de agências internacionais querem mais apoio para áreas afetadas pela crise.

Uma em cada cinco pessoas em áreas de conflito tem um distúrbio de saúde mental

Novo relatório da Organização Mundial da Saúde revela que transtornos mentais são mais comuns do que se pensava em regiões marcadas pela violência; cerca de 9% das populações têm uma condição de saúde mental moderada a grave.