combatentes

Escritório da ONU diz que mortos podem chegar às centenas no Iraque

Chefe dos Direitos Humanos aponta para relatos de execuções sumárias e extrajudiciais em Mossul; OMS apoia sistema de saúde e alerta para eclosão de surtos de sarampo e pólio na segunda maior cidade iraquiana.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Escritório da ONU diz que mortos podem chegar às centenas no Iraque