civis

Quase 23 mil civis foram mortos ou feridos em conflitos em apenas seis países

Número foi avançado por António Guterres durante debate do Conselho de Segurança sobre proteção de civis; secretário-geral afirmou que 90% dos mortos e feridos são civis quando armas são usadas em áreas com moradores. 

Guterres pede aos envolvidos que reduzam as tensões na Venezuela
BR

Chefe da ONU disse que ficou chocado e entristecido com perda de civis; secretário-geral apela que violência seja evitada a qualquer custo e que força letal não seja usada em nenhuma circunstância.
 

Chefe da ONU apresenta propostas para proteger civis em conflitos

Conselho de Segurança reuniu-se esta terça-feira para discutir a proteção de civis em conflitos armados; António Guterres anunciou conclusões de novo relatório sobre o tema.

Cerca de 130 mil pessoas já deixaram Ghouta Oriental na Síria

ONU diz que necessidades humanitárias continuam a ser muito altas; organização considera obrigatório que civis possam regressar assim que possível.

Em apenas 11 dias, ataques aéreos matam 130 pessoas no Iêmen
BR

Escritório de Direitos Humanos da ONU reforça apelo para proteção dos civis; crianças estão entre as vítimas; com 29,3 milhões de habitantes, país tem mais de 22 milhões precisando de assistência externa.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. 

Áudio -

Em apenas 11 dias, ataques aéreos matam 130 pessoas no Iêmen
BR

Escritório de Direitos Humanos da ONU reforça apelo para proteção dos civis; crianças estão entre as vítimas; com 29,3 milhões de habitantes, país tem mais de 22 milhões precisando de assistência externa.

OMS entrega 5 toneladas de ajuda médica a milhares de pessoas em Raqqa
BR

Agência da ONU enviou remédios e suprimentos ao Hospital Nacional Al-Tabqa, ao noroeste da cidade síria; ajuda ocorre com apoio da Noruega, do Reino Unido e da União Europeia.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -

OMS entrega 5 toneladas de ajuda médica a milhares de pessoas em Raqqa
BR

ONU adverte para possível piora da situação humanitária no Sudão do Sul

Chefe das operações de paz aponta insegurança e desafios no ambiente operacional; no Conselho de segurança, Jean Pierre Lacroix  defendeu que líderes sul-sudaneses têm responsabilidade direta sobre a situação.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

ONU adverte para possível piora da situação humanitária no Sudão do Sul