ciclones

Mudança climática pode levar mundo ao um dos quinquênios mais quentes
BR

Mudança climática pode levar mundo ao um dos quinquênios mais quentes; estudo apoiado pela ONU alerta sobre possível falha de metas para manter aumento da temperatura global bem abaixo de 2 ° C; emissões de CO2 cairão entre 4% e 7% após políticas de confinamento; Covid-19 impede monitoria das mudanças.

ESPECIAL: Moçambique em reconstrução para resistir à mudança climática
BR

Oito meses depois da passagem do primeiro ciclone de 2019, ONU News apresenta segunda parte da série sobre resposta a desastres; país é o segundo mais vulnerável aos efeitos das alterações do clima; reconstrução requer US$ 3,2 mil milhões.

ESPECIAL: metade dos pacientes com HIV pararam tratamento em áreas afetadas por ciclones em Moçambique

País lusófono tem segunda maior incidência do vírus em África; desastres naturais destruíram centros de saúde, arquivos de pacientes e material hospitalar; nova série da ONU News apresenta resposta a ciclones de 2019 e esforços de reconstrução.*

Em Moçambique, atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank participam de ação após ciclones
BR

Ator e apresentadora de televisão estiveram em regiões afetadas por desastres naturais com o Unicef; casal participou em campanha de angariação de fundos que permitiu desenvolver vários projetos humanitários.

Insegurança alimentar em Moçambique, novas chuvas em Bangladesh e Fórum Político de Alto Nível 2019
BR

Neste #DestaqueONUNews, desastres naturais podem levar 1,9 milhão de moçambicanos à insegurança alimentar; novas chuvas são esperadas em Bangladesh após temporal que inundou acampamento dos rohingya; e encerra em Nova Iorque o Fórum Político de Alto Nível de 2019.

Ciclones podem aumentar para 1,9 milhão o número de moçambicanos enfrentando insegurança alimentar

PMA destaca difícil situação que vai prevalecer até próxima safra prevista para março no país; cerca de 900 mil beneficiários são de áreas afetadas pelo ciclone Idai e 100 mil de regiões assoladas pelo ciclone Kenneth.

Guterres em Moçambique, ebola na RD Congo e animação portuguesa premiada na ONU

Neste #DestaqueONUNews, RD Congo confirma primeiro caso de ebola em cidade com mais de 2 milhões de pessoas, Guterres chama a atenção do mundo ao drama sofrido pelas pessoas afetadas pelos ciclones em Moçambique e portuguesa vence festival de filmes na ONU com animação sobre o desperdício de água.

Declarações do secretário-geral António Guterres em Moçambique

O secretário-geral das Nações Unidas disse esta quinta-feira, em Maputo, que “Moçambique tem autoridade moral inegável” para pedir apoio da comunidade internacional depois dos ciclones que atingiram o país em março e abril.  António Guterres falava aos jornalistas no final de um encontro com o presidente moçambicano, Filipe Jacinto Nyusi, e vários membros do governo.

ESPECIAL Moçambique: Guterres chega a um país em reconstrução após ciclones

Secretário-geral da ONU visita o país esta quinta e sexta-feira; em março e abril, ciclones Idai e Kenneth afetaram mais de 2,2 milhões de pessoas; esforços de reconstrução estão estimados em US$ 3,2 bilhões.*

Moçambique agradece a Cplp após ciclones: “Avancemos juntos nesta odisseia”

Primeiro-ministro moçambicano promete contribuição de forma eficaz para possível fundo de solidariedade para emergências; reunião com secretário-geral, António Guterres, aborda paz efetiva e reintegração de homens armados no país.