Cepal

Cepal prevê aumento da pobreza na América Latina e Caribe em 2019
BR

Segundo relatório da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, entre 2014 e 2018, índice de pobreza nos países da região subiu 2,3%; crescimento é explicado pelo aumento registrado no Brasil e na Venezuela.

Cepal: América Latina e Caribe tiveram mais de 3,5 mil feminicídios em 2018
BR

Brasil registrou 1.206 assassinatos por razão de gênero; El Salvador, Honduras e Bolívia são os países com maiores taxas proporcionais desse tipo de crime; para chefe da Cepal, números provam “padrões patriarcais, discriminatórios e violentos”.

Cenário internacional complexo deve provocar queda de 2% nas exportações da América Latina e do Caribe em 2019
BR

Relatório anual da Cepal sobre comércio exterior da região mostra diferenças significativas por sub-região; importações poderão recuar 3% este ano.

Investimento estrangeiro direto na América Latina e no Caribe aumentou 13,2% em 2018
BR

Índice reverte tendência de queda dos últimos cinco anos; maior parte do crescimento é explicada pelos maiores investimentos no Brasil, com US$ 88,3 bilhões, e no México, com US$ 36,9 bilhões.

ONU anuncia desaceleração econômica para América Latina e o Caribe e crescimento de 0.8% para Brasil

Maior incerteza e complexidade a nível internacional e baixos níveis de investimento, exportações e consumo são as principais causas; agência da ONU também destaca aumento dos déficits e dívida pública.

Trabalho autônomo e informalidade ameaçam situação laboral na América Latina e no Caribe
BR

Relatório aponta retrocessos na região para o alcance de objetivo número oito da Agenda 2030; Brasil teve taxa média de desemprego de 14,2% nas áreas urbanas em 2018; queda foi de 0,3% em relação ao ano anterior.

Efeitos climáticos estão entre desafios para alcançar Agenda 2030 na América Latina e o Caribe
BR

Temas como desastres naturais e escassez de recursos foram analisados durante Fórum dos Países da América Latina e do Caribe; evento juntou mais de 1.000 representantes de governos, da sociedade civil e de organismos internacionais.

Cepal reduz para 1,3% estimativa de crescimento para América Latina e Caribe em 2019
BR

Para o Brasil, a previsão é de avanço de 1,8% este ano, frente a 2% previstos anteriormente; guerra comercial entre Estados Unidos e China continua sendo um risco; ligeira queda de 5% no nível médio de preços dos produtos básicos é esperada.

Cepal: pobreza extrema na América Latina atinge o nível mais alto desde 2008
BR

Relatório Panorama Social 2018 aponta que 184 milhões de pessoas viviam na pobreza no ano passado; América Latina e Caribe continua sendo área mais desigual no mundo.

Economia do Brasil pode crescer 2% em 2019, revela relatório regional
BR

Média da expansão na América Latina e o Caribe será de 1,7%; Cepal prevê maior crescimento entre os países para ilha de Dominica, com 9%; projeções para Venezuela, Nicarágua e Argentina apontam para contração no próximo ano.