Catarina Furtado

Entrevista: Catarina Furtado

A Embaixadora da Boa Vontade do Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa, a jornalista portuguesa Catarina Furtado, falou à Rádio ONU sobre o Dia Internacional de Tolerância Zero contra a Mutilação Genital Feminina.

Áudio -

Entrevista: Catarina Furtado

Quénia destacado por reduzir casos de mutilação genital feminina

Relatório aponta para uma queda da prática até ao triplo; mais de metade das meninas de 15 a 19 anos sofreram a prática em África e no Médio Oriente.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*     

Áudio -

Quénia destacado por reduzir casos de mutilação genital feminina

Relatório da ONU mostra redução da ameaça de mutilação genital feminina
BR

Documento diz que prática está concentrada em países da África e Oriente Médio; índice de mulheres e meninas que sofreram mutilação caiu de 53 para 36%.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Relatório da ONU mostra redução da ameaça de mutilação genital feminina
BR

Fnuap destaca contacto de Catarina Furtado com realidades sociais na Índia

Deslocação da Embaixadora da Boa Vontade do Fnuap fez parte das gravações da série televisiva “Príncipes do Nada”; Furtado diz-se optimista  quanto a ganhos na emancipação da mulher.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Fnuap destaca contacto de Catarina Furtado com realidades sociais na Índia