casamento infantil

Jornal da ONU - 14 de outubro de 2019

Áudio -
5'32"

Guterres diz que “Moçambique está cada vez mais perto de pôr fim ao casamento infantil”

Assembleia da República aprovou lei que criminaliza casamento entre um adulto e pessoa menor de 18 anos; segundo as Nações Unidas, o país está em 9º lugar dos países onde os casamentos infantis mais ocorrem.

115 milhões de meninos casam durante a infância ou adolescência

Unicef faz primeira análise sobre casamento precoce masculino; estima-se que casamento infantil totalize os 765 milhões; República Centro-Africana tem a maior prevalência destes casos entre os homens, 28%.

Unicef: progresso evitou 25 milhões de casamentos infantis na última década

As maiores reduções foram feitas do sul da Ásia; Unicef estima que se nada for feito, 150 milhões meninas casarão até 2030.

Leis para proibir casamentos infantis fazem pequenos avanços, diz estudo
BR

Relatório do Banco Mundial e ONG Save the Children analisa a proteção legal e suas limitações em casamentos de crianças; apenas nove países apresentam resultados positivos; América Latina tem melhor progresso como região.

Denise Costa da ONU News, em Nova Iorque.

Áudio -

Leis para proibir casamentos infantis fazem pequenos avanços, diz estudo
BR

Banco Mundial calcula danos globais causados pelo casamento infantil
BR

Relatório alerta que, apesar de o fim do matrimônio precoce estar entre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, há poucas estratégias para eliminá-lo.

Mariana Ceratti, de Brasília*, para a ONU News

Áudio -

Banco Mundial calcula danos globais causados pelo casamento infantil
BR

Brasil é quarto país global no ranking de casamento infantil
BR

Segundo novo estudo do Banco Mundial, lacunas na legislação brasileira deixam meninas expostas ao matrimônio precoce e afetam suas oportunidades

Mariana Ceratti, do Banco Mundial para a ONU News.*

Áudio -

Brasil é quarto país global no ranking de casamento infantil
BR