Carlos Gomes Júnior

Guiné-Bissau não pode ser dirigida por duas entidades, indica Cplp

Embaixador de Angola junto da ONU indica que não pode haver duas entidades a dirigir o país, umas que sejam legais e umas que não sejam; Angola assume a presidência rotativa do bloco de língua portuguesa.

Áudio -

Guiné-Bissau não pode ser dirigida por duas entidades, indica Cplp

Cplp defende retorno de autoridades eleitas na Guiné-Bissau

Em entrevista à Rádio ONU, embaixador de Angola, país que preside a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, afirmou que talvez seja necessário realizar novas eleições no país africano.

Áudio -

Cplp defende retorno de autoridades eleitas na Guiné-Bissau

Em entrevista à Rádio ONU, embaixador de Angola, país que preside a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, afirmou que talvez seja necessário realizar novas eleições no país africano.

Na ONU, Carlos Gomes Jr. pede restauração da ordem na Guiné-Bissau

Antes de participar numa reunião no Conselho de Segurança, líder guineense falou das expectativas e avisou que irá processar os responsáveis civis e militares pelo golpe de 12 de Abril.

Áudio -

Na ONU, Carlos Gomes Jr. pede restauração da ordem na Guiné-Bissau

Primeiro-ministro deposto da Guiné-Bissau irá processar autores de golpe
BR

Em entrevista exclusiva à Rádio ONU, Carlos Gomes Júnior disse que ainda se considera o chefe de governo do país lusófono: “Fui eleito. O poder conquista-se nas urnas, não na Secretaria.”

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Primeiro-ministro deposto da Guiné-Bissau irá processar autores de golpe
BR

Cplp decide não suspender Guiné-Bissau da entidade
BR

Cplp decide não suspender Guiné-Bissau da entidade
BR

Secretário-Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa afirmou que entidade não seguiu exemplo da União Africana ou da Organização da Francofonia porque prefere “trabalhar com autoridades guineenses eleitas em prol de uma solução.”

Áudio -