Burquina fasso

África Ocidental e Central em alerta devido ao aumento da gripe aviária H5N1

Camarões já tiveram prejuízos de US$ 20 milhões; FAO ajuda a investigar possíveis casos de contaminação em animais e em seres humanos; surtos na Nigéria provocaram morte e abate de mais de 3,5 milhões de aves.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

África Ocidental e Central em alerta devido ao aumento da gripe aviária H5N1