Brasil

Seis curiosidades sobre a Assembleia Geral e a semana de alto nível deste ano

Todos os anos, em setembro, líderes mundiais se reúnem na sede das Nações Unidas em Nova Iorque durante duas semanas para discutir as questões mais importantes que afetam a humanidade.

Guiné-Bissau revela apoio dos países lusófonos para eleições de novembro

Timor-Leste destacou vice-ministro para acompanhar apoio do país ao processo; já o Brasil deverá doar US$ 900 mil; primeiro-ministro guineense falou à ONU News sobre compromissos de outras nações do bloco para o pleito.

Jovem do Brasil entre delegados que discutem direitos humanos em Nova Iorque

Encontro com representantes de cerca de 120 países termina no sábado, na sede da ONU; brasileiro Israel Rocha diz que objetivo é promover a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Vozes de lusófonos marcam evento que pediu atenção a jovens no momento

Iniciativas, histórias e projetos marcaram Diálogo de Jovens na ONU; participantes de Portugal, Brasil e Guiné-Bissau falam de potencial e cooperação para dar mais poder ao grupo.

Evento na ONU marca dois anos de exame obrigatório sobre segurança nas estradas brasileiras
BR

Análise toxicológica integra primeira política pública de prevenção ao uso de drogas por motoristas desde entrada em vigor do novo Código de Trânsito Brasileiro, CTB, em 1998; congresso “O uso da tecnologia para promover segurança nas estradas, a experiência do Brasil” reúne especialistas, autoridades e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Na ONU, Brasil pede um minuto de silêncio por vereadora assassinada

Tributo foi liderado pela secretária especial de Política para as Mulheres, Fátima Pelaes, num encontro paralelo à 62ª. sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher, CSW; vereadora Marielle Franco foi assassinada na quarta-feira com quatro tiros na cabeça num ataque que matou também o motorista dela, Anderson Pedro Gomes.

CSW 62: Brasil destaca “momento histórico” por fazer ouvir a voz de mulheres lusófonas

País está sendo representado pela secretária de Política para as Mulheres, Fátima Pelaes, que deverá entregar ainda a mensagem da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, Cplp, que está sendo presidida pelo Brasil.