Boko Haram

Ajuda a refugiados que fogem do Boko Haram custa US$ 157 milhões

Acnur lidera Plano Regional de Resposta aos Refugiados da Nigéria de 2018; meta das agências humanitárias é cobrir necessidades de mais de 200 mil refugiados nigerianos e 75 mil pessoas em comunidades anfitriãs.

No ano passado, uso de crianças em ataques do Boko Haram quintuplicou

Enviado da ONU para África Ocidental e  Sahel quer apoio internacional para impulsionar resposta regional; pelo menos 700 pessoas raptadas pelo grupo escaparam do seu controlo.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

No ano passado, uso de crianças em ataques do Boko Haram quintuplicou

Enviado da ONU para África Ocidental e  Sahel quer apoio internacional para impulsionar resposta regional; pelo menos 700 pessoas raptadas pelo grupo escaparam do seu controlo.

PMA entregou alimentos a meio milhão de nigerianos com apoio europeu

Agência revela que muitos necessitados não teriam sobrevivido sem doação de mais de € 20 milhões; valor foi canalizado aos estados nordestinos de Borno, Yobe e Adamawa no ano passado.

Áudio -

PMA entregou alimentos a meio milhão de nigerianos com apoio europeu

Agência revela que muitos necessitados não teriam sobrevivido sem doação de mais de € 20 milhões; valor foi canalizado aos estados nordestinos de Borno, Yobe e Adamawa no ano passado.

Nigéria baixa pela metade número de pessoas que passam fome no nordeste

FAO revela que vítimas de insegurança alimentar em áreas afetadas pelos terroristas Boko Haram reduziram de 5,2 milhões para 2,6 milhões; agência aposta em distribuir sementes para aumentar produção local.

Eleutério Guevane, da ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Nigéria baixa pela metade número de pessoas que passam fome no nordeste

FAO revela que vítimas de insegurança alimentar em áreas afetadas pelos terroristas Boko Haram reduziram de 5,2 milhões para 2,6 milhões; agência aposta em distribuir sementes para aumentar produção local.

Metade das escolas continuam fechadas no estado de Borno, na Nigéria

No Nordeste do país mais de 2.295 professores foram assassinados e 19 mil foram deslocados; o Unicef trabalha com parceiros para reabilitar escolas e salas de aula.

Denise Costa da ONU News, em Nova Iorque.

Áudio -

Metade das escolas continuam fechadas no estado de Borno, na Nigéria