Baskut Tuncak

Relator lembra 75 anos de teste nuclear com apelo por desarmamento global
BR

Baskut Tuncak divulgou comunicado sobre o aniversário do ensaio “Trindade”, realizado pelos Estados Unidos em 16 de julho de 1945, no estado do Novo México, e que precedeu o lançamento de duas bombas nucleares contra o Japão,
no mesmo ano.
 

Especialista da ONU diz que Brasil está seguindo “caminho trágico” na área das substâncias tóxicas
BR

Depois de visita ao país, relator especial* disse que nação está regredindo, possibilitada por “um sentimento maligno de impunidade” de pessoas que “envenenam o público, tomam suas terras e destroem o meio ambiente.”

Exposição a resíduos químicos pode “ser a maior causa de mortes no mundo”
BR

Especialista independente destaca que 90% da incidência de doenças associadas ao problema ocorrem em países de baixa ou média rendas; relator sobre substâncias perigosas fala de países que promovem direitos humanos no exterior ignorando questões domésticas.

Áudio -

Exposição a resíduos químicos pode “ser a maior causa de mortes no mundo”
BR

Especialistas querem ação forte e urgente contra poluição do ar

Especialistas querem ação forte e urgente contra poluição do ar

Relatores da ONU defendem que não há prestação de contas e que impunidade é galopante; problema mata 3 milhões de pessoas por ano; 300 milhões de crianças vivem em áreas com níveis mais tóxicos da poluição do mundo.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Relatores da ONU criticam “postura defensiva” do governo brasileiro
BR

Relatores da ONU criticam “postura defensiva” do governo brasileiro
BR

Declaração foi feita por especialistas de meio ambiente e lixo tóxico sobre o rompimento da barragem de rejeitos em Mariana; eles querem ações imediatas das autoridades e do setor privado para proteger o ambiente e a saúde das comunidades.

Áudio -

China: relator quer "transparência total" em investigações sobre Tianjin

China: relator quer "transparência total" em investigações sobre Tianjin

Especialista independente quer avaliação das leis nacionais após desastre da semana passada; nota defende responsabilidade de empresas no respeito aos direitos humanos; agências de notícias falam de 114 mortos e 700 feridos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -