barco

Em apenas três meses, 2,2 mil morreram ao atravessar o Mediterrâneo

Dados do Acnur aponta que riscos da travessia subiram 2,4% entre julho e setembro, na comparação com o primeiro semestre do ano; ao longo do ano, 165 mil migrantes tentaram chegar à Europa pelo mar.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Em apenas três meses, 2,2 mil morreram ao atravessar o Mediterrâneo

Três tragédias com barcos nos últimos cinco dias no Mediterrâneo, diz Acnur
BR

Agência da ONU acredita que mais de 300 pessoas tenham morrido; este ano mais de 1800 pessoas perderam a vida em viagens irregulares à Europa; número é maior que em anos anteriores.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Três tragédias com barcos nos últimos cinco dias no Mediterrâneo, diz Acnur
BR

Países precisam melhorar operações de resgate no Mediterrâneo, diz OIM
BR

Alerta é feito após guarda costeira italiana encontrar barco com 30 pessoas mortas; Organização Internacional para Migrações afirma ser “inaceitável” esse tipo de tragédia.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Países precisam melhorar operações de resgate no Mediterrâneo, diz OIM
BR

Desde janeiro, 170 morreram tentando chegar à Europa pelo mar
BR

Segundo o Acnur, maioria das mortes foi nos mares da Grécia, Itália e Líbia; na segunda-feira, mais um barco afundou entre Lampedusa e Trípoli, matando 17 migrantes que iam tentar a vida no continente europeu.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.* 

Áudio -

Desde janeiro, 170 morreram tentando chegar à Europa pelo mar
BR

Acnur ajuda nas buscas após acidente com barco no Golfo do Áden

Segundo agência, 44 pessoas continuam desaparecidas após embarcação virar na sexta-feira; patrulha do Acnur encontrou 33 sobreviventes no domingo, em zona próximo a Shabwa, no Iémen.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Acnur ajuda nas buscas após acidente com barco no Golfo do Áden