ataques

ONU condena ataques simultâneos no Níger que mataram mais de 100 pessoas
BR

Em nota, secretário-geral disse esperar que autoridades do país não poupem esforços para punir os responsáveis; Agência para Refugiados, Acnur, informa que mais de 1 mil pessoas estão escapando da violência, muitas a pé, após atentados de sábado.

Nigéria: ONU condena “ataque direto mais violento contra civis inocentes” do ano
BR

Pelo menos 43 pessoas morreram no ato ocorrido em Maiduguri, estado de Borno; secretário-geral reafirma apoio ao governo no combate ao terrorismo; chefe humanitário descreve comunidades chocadas com brutalidade no nordeste.

Michelle Bachelet alerta para “situação alarmante” no norte de Moçambique 
BR

Alta comissária da ONU para os Direitos Humanos destaca violência que causou mais de 350 mil deslocados em três anos; insegurança piorou nas últimas semanas, com relatos de dezenas de decapitações e sequestros no extremo norte.

Bachelet diz que Etiópia deve resolver diferenças sem lançar mão da violência
BR

Alta comissária de direitos humanos emitiu nota pedindo calma na região etíope de Tigray, no norte do país, e para onde o governo enviou tropas federais; tensão entre forças regionais e nacionais começou na semana passada, atingindo também a região de Oromia.

ONU marca Dia Internacional para Proteger a Educação de Ataques  
BR

Secretário-geral, António Guterres, realça vulnerabilidade de menores e jovens em tempo de pandemia, na primeira vez que marca a data; mais de 75 milhões de pessoas entre três e 18 anos vivem em 35 países afetados por ameaças e crises. 

Apelos de US$ 103 milhões para vítimas de Covid-19 e insegurança em Moçambique
BR

Entre beneficiados estão pessoas obrigadas a se deslocar múltiplas vezes também por causa dos ciclones Idai e Kenneth que afetaram a região no ano passado; violência de extremistas no norte do país está forçando moradores a fugirem de suas casas.

RD Congo: surto de violência em área afetada por ebola deixa moradores em perigo
BR

Ataques a comunidades no leste do país provocaram crise humanitária e ameaçam distribuição de ajuda; agências da ONU foram forçadas a suspender ajuda e transferir funcionários; mais de 275 mil pessoas tiveram de abandonar suas casas.

Guterres condena atentado que matou funcionário da ONU no Afeganistão
BR

Secretário-geral enviou condolências à família da vítima fatal e desejou pronta recuperação aos dois feridos no ataque, em Cabul; ele disse que a organização continua comprometida no apoio ao governo e ao povo afegãos.

Ataques no Mali matam um boina-azul da ONU e deixam mais quatro feridos

Secretário-geral pediu medidas para que autores do crime sejam responsabilizados; vítimas de ataques nas áreas de Aguelhok e Bandiagara são do Chade e do Togo.

ONU condena violência contra migrantes na África do Sul

Secretário-geral quer que líderes políticos rejeitem de forma clara e aberta atos violentos; pelo menos cinco pessoas foram mortas e dezenas ficaram presas em Joanesburgo, segundo agências de notícias.