ataque

Ataque em Cabul: mais uma "grave violação dos direitos humanos"
BR

Talibã reivindicou a autoria do atentado suicida no Afeganistão; veículo explodiu, matando pelo menos 95 pessoas segundo agências de notícias; ao condenar o ataque, chefe da ONU lembra que ações do tipo são injustificáveis.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. 

Áudio -

Ataque em Cabul: mais uma "grave violação dos direitos humanos"
BR

Talibã reivindicou a autoria do atentado suicida no Afeganistão; veículo explodiu, matando pelo menos 95 pessoas segundo agências de notícias; ao condenar o ataque, chefe da ONU lembra que ações do tipo são injustificáveis.

Guterres chocado com ataque a ONG no Afeganistão
BR

Houve mortes na ação contra o escritório da organização Save the Children em Jalalabad; secretário-geral da ONU lembra que funcionários humanitários nunca devem ser alvo de ataques; Isil assumiu autoria.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Guterres chocado com ataque a ONG no Afeganistão
BR

Guterres deplora ataque talibã que matou 14 em Cabul
BR

Agências de notícias informaram que pelo menos 160 pessoas foram resgatadas após ação de militares afegãos num hotel; secretário-geral manifesta solidariedade ao governo e ao povo do Afeganistão.

Áudio -

Guterres deplora ataque talibã que matou 14 em Cabul
BR

Agências de notícias informaram que pelo menos 160 pessoas foram resgatadas após ação de militares afegãos num hotel; secretário-geral manifesta solidariedade ao governo e ao povo do Afeganistão.

ONU condena explosões que mataram pelo menos 35 em Bagdá
BR

Enviado da organização no Iraque destaca que único objetivo dos ataques era atingir número máximo de civis inocentes; ataque ocorreu em praça onde diaristas se reúnem em busca de trabalho.

Áudio -

ONU condena explosões que mataram pelo menos 35 em Bagdá
BR

Enviado da organização no Iraque destaca que único objetivo dos ataques era atingir número máximo de civis inocentes; ataque ocorreu em praça onde diaristas se reúnem em busca de trabalho.

Guterres condena ataque à igreja no Egito que matou pelo menos nove pessoas
BR

Em nota, emitida pelo seu porta-voz, secretário-geral da ONU desejou pronta recuperação aos feridos e disse que os responsáveis pelo crime têm de ser levados à justiça.

Manuel Matola, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Guterres condena ataque à igreja no Egito que matou pelo menos nove pessoas

Em nota, emitida pelo seu porta-voz, secretário-geral da ONU desejou pronta recuperação aos feridos e disse que os responsáveis pelo crime têm de ser levados à justiça.