ataque

ONU condena ataque “hediondo” que causou 27 mortos no Afeganistão

Episódio de violência aconteceu no último dia do ano e causou, pelo menos, 20 feridos; Estados-membros afirmam que terrorismo é uma das mais sérias ameaças à paz e segurança internacionais.

Destaque ONU News - 02 de janeiro de 2019

Neste #DestaqueONUNews, cerca de 400 mil crianças terão nascido no primeiro dia do ano e complexo da ONU foi atacado na Somália. No final, conheça o trabalho de um realizador brasileiro sobre refugiados na Alemanha.

Guterres condena ataque que matou pelo menos 11 pessoas na RD Congo

Mortes aconteceram no sábado em Beni, região afetada pelo surto do ebola; na sexta-feira, dois funcionários de saúde foram mortos.

Após ataque a ônibus no Iêmen, ONU pede proteção de civis
BR

Para coordenadora humanitária para o Iêmen, Lise Grande, ataque contra ônibus com civis no país foi “incidente horrível”; de acordo com a mídia, pelo menos 15 pessoas morreram e 20 ficaram feridas. 

Secretário-geral condena ataques no Afeganistão
BR

António Guterres denunciou ataques contra ativistas eleitorais no Afeganistão e fez apelo para que todas as partes garantam eleições pacificas e ordeiras; processo eleitoral no país acontecerá no final desta semana.

Jornal da ONU - 10 de agosto de 2018

Áudio -
4'56"

ONU pede investigação e responsabilização após ataque que matou 40 no Iêmen
BR

Declaração partiu da porta-voz do alto comissário para direitos humanos da ONU; ofensiva aérea, na quinta-feira, atingiu ônibus que transportava crianças em Saada, perto da fronteira com a Arábia Saudita; secretário-geral, António Guterres, quer investigação e retorno imediato das partes em conflito à mesa do diálogo.

Secretário-geral condena ataque no Zimbábue durante evento com presidente da República
BR

Explosão ocorreu em estádio no sábado, em comício do presidente Emmerson Mnangagwa; António Guterres pede que responsáveis sejam levados à justiça; ataque similar também aconteceu na Etiópia, durante comício com primeiro-ministro.

Missão da ONU sofre segundo ataque fatal em uma semana na República Centro-Africana

Secretário-geral lamenta morte da quinta vítima de atos dirigidos a forças de paz este ano; vítima era de de nacionalidade burundesa; chefe da ONU reafirma apoio inabalável da operação de paz para proteger civis e estabilizar a nação africana.

ONU condena ataque que matou duas policiais na Bélgica
BR

Segundo agências de notícias, assassino atacou vítimas a facadas, na cidade de Liége; António Guterres afirmou que a ONU é solidária à Bélgica na luta do país contra o terrorismo.