ataque

Guterres condena ataque que matou pelo menos 11 pessoas na RD Congo

Mortes aconteceram no sábado em Beni, região afetada pelo surto do ebola; na sexta-feira, dois funcionários de saúde foram mortos.

Após ataque a ônibus no Iêmen, ONU pede proteção de civis
BR

Para coordenadora humanitária para o Iêmen, Lise Grande, ataque contra ônibus com civis no país foi “incidente horrível”; de acordo com a mídia, pelo menos 15 pessoas morreram e 20 ficaram feridas. 

Secretário-geral condena ataques no Afeganistão
BR

António Guterres denunciou ataques contra ativistas eleitorais no Afeganistão e fez apelo para que todas as partes garantam eleições pacificas e ordeiras; processo eleitoral no país acontecerá no final desta semana.

Jornal da ONU - 10 de agosto de 2018

Áudio -
4'56"

ONU pede investigação e responsabilização após ataque que matou 40 no Iêmen
BR

Declaração partiu da porta-voz do alto comissário para direitos humanos da ONU; ofensiva aérea, na quinta-feira, atingiu ônibus que transportava crianças em Saada, perto da fronteira com a Arábia Saudita; secretário-geral, António Guterres, quer investigação e retorno imediato das partes em conflito à mesa do diálogo.

Secretário-geral condena ataque no Zimbábue durante evento com presidente da República
BR

Explosão ocorreu em estádio no sábado, em comício do presidente Emmerson Mnangagwa; António Guterres pede que responsáveis sejam levados à justiça; ataque similar também aconteceu na Etiópia, durante comício com primeiro-ministro.

Missão da ONU sofre segundo ataque fatal em uma semana na República Centro-Africana

Secretário-geral lamenta morte da quinta vítima de atos dirigidos a forças de paz este ano; vítima era de de nacionalidade burundesa; chefe da ONU reafirma apoio inabalável da operação de paz para proteger civis e estabilizar a nação africana.

ONU condena ataque que matou duas policiais na Bélgica
BR

Segundo agências de notícias, assassino atacou vítimas a facadas, na cidade de Liége; António Guterres afirmou que a ONU é solidária à Bélgica na luta do país contra o terrorismo.

ONU condena ataque que matou pelo menos 17 em mesquita no Afeganistão

Explosão feriu 34 afegãos em centro de registro eleitoral no domingo; agências humanitárias prestam assistência ao hospital provincial de Khost que acolhe grande parte das vítimas.

ONU reforça patrulhamento na República Centro-Africana após ataques

Missão no país, Minusca, diz que incidentes ocorreram após prisão de um integrante de um grupo criminoso; agências de notícias citam mortes de 15 pessoas numa igreja; Nações Unidas pedem calma.