ataque terrorista

Enviado da ONU condena atentado como “ataque” à juventude da Somália

Escritório de direitos humanos da ONU condena ataque terrorista na Somália

Ação resultou na morte de pelo menos 18 pessoas, entre elas o representante do país junto às Nações Unidas, em Genebra; segundo o órgão, embaixador tinha “papel crucial no avanço dos direitos humanos” na nação africana.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Escritório de direitos humanos da ONU condena ataque terrorista na Somália

Conselho de Segurança condena ataque terrorista a museu na Tunísia
BR

Chefe da Unesco também repudiou ação; segundo agências de notícias, pelo menos 23 pessoas morreram, incluindo 20 turistas estrangeiros.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Conselho de Segurança condena ataque terrorista a museu na Tunísia
BR

Ban lança apelo urgente à comunidade internacional após destruição de Hatra

Secretário-geral pede que ponha termo à destruição contínua do património cultural no Iraque; autoridades disseram que ainda não estava clara a dimensão dos danos provocados pela ação do Isil na cidade assíria.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Ban lança apelo urgente à comunidade internacional após destruição de Hatra

Secretário-geral da ONU condena ataque terrorista no Quénia

Pelo menos 28 pessoas morreram neste sábado; em nota, Ban Ki-moon afirma apoio contínuo das Nações Unidas e outros Estados da região em seus esforços no combate ao terrorismo.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Secretário-geral da ONU condena ataque terrorista no Quénia

Ataque a bomba na Somália foi “cruel”, diz representante da ONU

Nicholas Kay é enviado do secretário-geral para a nação africana; ele condenou a ação em Mogadíscio, que matou pelo menos 13 pessoas e deixou várias feridas quando um carro explodiu.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -