ataque suicida

Violência não impedirá que povo da Somália busque a paz, diz chefe da ONU
BR

Declaração foi feita pelo secretário-geral após dois ataques suicidas em Baidoa, na região sudoeste da Somália; António Guterres reiterou apoio e solidariedade da organização com povo e governo do país. 
 

ONU condena ataque suicida no Paquistão que matou pelo menos 30 pessoas
BR

António Guterres emitiu nota após explosão em Quetta; agências de notícias dizem que ataque foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante também conhecido como Daesh.

ONU condena ataque na Somália que matou pelo menos duas pessoas

Homem-bomba detonou explosivos na cidade de Gaalkacyo, onde forças de segurança estavam estacionadas; representante especial da ONU no país diz que é hora de chegar a um acordo.