Assuntos humanitários

Chefe humanitário da ONU diz que 1,7 mil civis foram mortos em Ghouta Oriental nas últimas semanas

Mark Lowcock afirmou que últimos meses foram dos piores para civis sírios; subsecretário-geral disse que nível de acesso para entrega de ajuda é bem pior do que no ano passado.

ONU prepara conferência para apoiar 11 milhões na Bacia do Lago Chade

Em Oslo, organização busca viragem na situação humanitária da região africana; Nigéria alberga mais de 75% dos necessitados; conflito com Boko Haram cria mais necessidades nos Camarões, no Chade e no Níger.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

ONU prepara conferência para apoiar 11 milhões na Bacia do Lago Chade

No Sudão do Sul, representante da ONU ouve relatos de estupros e deslocamentos
BR

Stephen O’Brien é coordenador para Assuntos Humanitários e acaba de retornar de uma visita de três dias ao país; mulheres contaram sobre abusos sexuais, assassinatos de homens e meninos e como as famílias temem por suas vidas.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

No Sudão do Sul, representante da ONU ouve relatos de estupros e deslocamentos
BR

Para representante da ONU, crise síria é “mancha na consciência coletiva”
BR

Em Damasco, subsecretário-geral para Assuntos Humanitários declara que situação é inaceitável, com 13,5 milhões de civis precisando de assistência; ONU e agências necessitam de US$ 3,2 bilhões para ajudar país em 2016.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Para representante da ONU, crise síria é “mancha na consciência coletiva”
BR

Quase 400 mil sírios estão vivendo em áreas sitiadas pelo Isil ou governo
BR

Segundo subsecretário-geral da ONU, lados em conflito continuam usando isolamento dos civis como arma de guerra; Stephen O’Brien revela que situação no país piorou desde janeiro; 13,5 milhões de pessoas precisam de ajuda dentro do país.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Quase 400 mil sírios estão vivendo em áreas sitiadas pelo Isil ou governo
BR

Chefe humanitário encerra visita à Síria "chocado" com ataques que mataram 80

Estimativa é de agências de notícias que falam de 200 feridos na área sitiada de Douma; Stephen O'Brien  disse estar horrorizado com o que chamou de total desrespeito pela vida dos civis no país.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -