Assembleia Mundial da Saúde

Países lançam planos para aumentar luta contra tuberculose e cólera
BR

Resultados da Assembleia Mundial da Saúde incluem mapeamento para reduzir 90% das mortes por cólera até 2030; nações se comprometem a acelerar ações para erradicar a tuberculose, que continua afetando quase 3 milhões de pessoas por ano.

OMS adota plano para salvar 29 milhões da morte até 2023

Estratégia visa alcançar ODS  3 sobre saúde epromoção do bem-estar para todos; até sábado debates na Assembleia Mundial da Saúde incluem regras sanitárias internacionais e doenças não transissíveis.

Angola na lista de países priorizados pela OMS para prevenir o vírus ebola

País de língua portuguesa é considerado “prioridade de segundo plano”; Angola é vizinho da República Democrática do Congo, que enfrenta um surto da doença; relação inclui Burundi, Congo e Zâmbia, entre outros; RD Congo já notificou 58 casos de ebola com 27 mortes.

“Não existe bem mais precioso no mundo do que a saúde”, declara diretor da OMS

Tedros Ghebreyesus discursou na abertura da Assembleia Mundial da Saúde, em Genebra; ele pede mais compromisso político para a cobertura universal de saúde; Brasil mencionado por criar lista de compromissos sobre o tema; Tedros afirma que mundo está mais bem preparado para combater ebola.

Assembleia Mundial da Saúde apresenta agenda para salvar 29 milhões até 2023

Encontro em Genebra reúne representantes de 194 países durante seis dias; diretor da OMS diz que este é um momento crucial para a assembleia; uma das metas da agência é que 1 bilhão de pessoas com cobertura universal de saúde.

OMS aprova quase meio milhão de dólares para apoiar emergências de saúde

Novo programa será aplicado até 2017; países e comunidades que enfrentam situações de surtos, catástrofes naturais e conflitos serão cobertos pela assistência anunciada na Assembleia Mundial da Saúde.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

Áudio -

OMS aprova quase meio milhão de dólares para apoiar emergências de saúde

Brasil e Portugal querem mulheres no centro do combate ao HIV/Aids
BR

Evento paralelo à Assembleia Mundial da Saúde, em Genebra, destacou importância de acabar com a desigualdade de gênero na resposta ao HIV; ministros da Saúde brasileiro e português participaram.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Brasil e Portugal querem mulheres no centro do combate ao HIV/Aids
BR