assassinato

Unesco pede investigação sobre assassinato de jornalista nas Filipinas
BR

Diretora-geral da agência condenou a morte como um “ataque contra a liberdade de expressão e o Estado de direito”;

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Unesco pede investigação sobre assassinato de jornalista nas Filipinas
BR

Funcionária da ONU é assassinada no Afeganistão
BR

Toorpaki Ulfat era considerada pela Missão das Nações Unidas no Afeganistão uma “respeitada defensora dos direitos humanos”; ela foi morta a tiros em Kandahar por pessoas que estavam numa moto.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Funcionária da ONU é assassinada no Afeganistão
BR

Unesco pede investigação da morte do jornalista moçambicano Paulo Machava

Editor-chefe do jornal Diário de Notícias foi enterrado esta terça-feira após ter sido morto a tiros;  Machava foi repórter na Rádio Moçambique e num dos semanários independentes do país.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Unesco pede investigação da morte do jornalista moçambicano Paulo Machava

Unesco deplora morte de académicos que geriam património mundial na Síria

Khaled Assad, de 82 anos, foi alegadamente assassinato por elementos do Isil; agência revela que ele foi questionado sobre artefatos valiosos; Abdullah Yehiya perdeu a vida num ataque com foguetes a Damasco.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

Áudio -

Unesco deplora morte de académicos que geriam património mundial na Síria

Unesco condena assassinatos de jornalistas no Brasil e no Azerbaijão
BR

Gleydson Carvalho era radialista no Ceará e foi morto a tiros na semana passada enquanto trabalhava; Rasim Aliyev não resistiu aos ferimentos após ser espancado em Baku; agência das Nações Unidas pede justiça sobre os casos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

Áudio -

Unesco condena assassinatos de jornalistas no Brasil e no Azerbaijão
BR