arroz

Preço dos alimentos tem subida veloz em maio e pode alcançar maior alta desde 2011
BR

Cesta básica aumentou 4,8% se comparada a abril e 39,7% em relação a maio do ano passado; índice da FAO chegou a 127,1 pontos; milho mais caro puxou preço dos cereais para cima em 6% desde abril.

ONU Mulheres e parceiros apoia mulheres na recuperação pós ciclone Idai
BR

Campanha Agrícola 2020-2021 tem preparação mecanizada de 100 hectares nos campos de produção de arroz e transferência de tecnologias no Vale de Mandruzi, Mutua e Savane em Sofala; parceria procura aliviar efeitos do ciclone Idai. *

Aiea desenvolve técnicas nucleares para produzir arroz resistente ao clima
BR

Agência da ONU para energia atómica e o Fundo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo para o Desenvolvimento Internacional trabalham juntos para apoiar agricultores na Ásia.

Manuel Matola, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Aiea desenvolve técnicas nucleares para produzir arroz resistente ao clima
BR

Agência da ONU para energia atómica e o Fundo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo para o Desenvolvimento Internacional trabalham juntos para apoiar agricultores na Ásia.

Produção sustentável de arroz é prioridade para agência da ONU
BR

Ideia é melhorar segurança alimentar em países em desenvolvimento e beneficiar pequenos agricultores; FAO lembra que mundo enfrentará desafio para produzir alimentos para quase 10 bilhões de pessoas nas próximas décadas.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Produção sustentável de arroz é prioridade para agência da ONU
BR

FAO apoia estratégia para aumentar colheita de arroz na Guiné-Bissau

Produto está entre os cereais mais importantes cultivados e consumidos no país; produção nacional ainda não cobre necessidades do consumo e da procura da população.

Amatijane Candé, da Rádio ONU em Bissau.

Áudio -

FAO apoia estratégia para aumentar colheita de arroz na Guiné-Bissau

Para FAO, clima adverso ditou aumento dos preços da comida em outubro

De acordo com o Índice de Preços dos Alimentos, custo da comida  subiu  3,9% em relação a setembro; agência apresenta revisão em baixa para produção de cereais em 2015.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Áudio -

Para FAO, clima adverso ditou aumento dos preços da comida em outubro