armas de pequeno porte

ONU destaca problema de armas ilícitas de pequeno porte em África
BR

Em encontro do Conselho de Segurança, alta representante para Assuntos de Desarmamento apontou “fluxo descontrolado” destes dispositivos; armas pequenas foram usadas em quase 50% das mortes violentas registradas entre 2010 e 2015, em todo o mundo.

Na ONU, países debatem cooperação sobre armas de pequeno porte e ligeiras

Mais de 500 mil pessoas morrem a cada ano, principalmente devido a estas armas; em duas semanas, representantes de todo o mundo devem adotar ações globais até 2024; encontro aborda compromissos, identificação e rastreio desses armamentos.

Abstenção de africanos marca resolução sobre armas ligeiras e de pequeno porte

Abstenção de africanos marca resolução sobre armas ligeiras e de pequeno porte

Angola, Chade e Nigéria tomaram o mesmo posicionamento juntamente com Rússia,  China e Venezuela; Falando à Rádio ONU, embaixador angolano disse que continente sugeriu proibição e transferência dessas armas a grupos não estatais.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Conselho de Segurança aprova resolução sobre armas de pequeno porte
BR

Conselho de Segurança aprova resolução sobre armas de pequeno porte
BR

Países membros adotaram documento com nove votos a favor e seis abstenções; órgão alerta que uso do armamento em várias regiões representa ameaça à paz e à segurança internacionais.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Mais de 250 conflitos afetaram o mundo na última década, segundo Ban
BR

Mais de 250 conflitos afetaram o mundo na última década, segundo Ban
BR

Conselho de Segurança realiza debate sobre armas de pequeno porte, que matam 50 mil pessoas por ano; secretário-geral Ban Ki-moon ressalta aumento de confrontos e ampla disponibilidade de armamentos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Mulheres são maioria das vítimas de violência doméstica armada
BR

Mulheres são maioria das vítimas de violência doméstica armada
BR

Pesquisa global sobre armas de pequeno porte traz dados de 111 países; 66 mil mulheres são assassinadas por ano pelos parceiros em incidentes com armas de fogo.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.* 

Áudio -