António Guterres

ONU condena “ataque terrorista” desta terça-feira no Quénia

Secretário-geral e presidente da Assembleia Geral expressam solidariedade com o povo queniano;  ainda não é conhecido número oficial de mortos no ataque que teve lugar em Nairobi.

Guterres lamenta expulsão de representante especial da ONU para a Somália

Chefe das Nações Unidas reafirma confiança em Nicholas Haysom; doutrina da persona non grata não se aplica aos funcionários da ONU; Unsom terá novo responsável em breve.