António Guterres

Chefe da ONU diz que Líbano é exceção de estabilidade no Médio Oriente

Secretário-geral participou em reunião ministerial do Grupo internacional de Apoio ao Líbano, em Roma; chefe da ONU disse que Oriente Médio está uma confusão.

Guterres está “muito preocupado” com ataque químico no Reino Unido

Conselho de Segurança debateu ataque com gás neurotóxico ocorrido no início deste mês, em Salisbury no Reino Unido; secretário-geral diz que uso é violação da lei internacional.

Guterres pede a países que “doem o que puderem para apoiar a Unrwa”

Conferência Ministerial em Roma angaria fundos para compensar déficit de cerca US$ 446 milhões da agência; secretário-geral fala de situação grave que ameaça “cortar os programas de forma muito mais implacável” que no passado.

Líderes mundiais lançam nova agenda sobre uso de água

Documento diz que 700 milhões de pessoas correm risco de serem deslocadas devido à falta de água até 2030; autores pedem duplicação de investimento em infraestruturas relacionadas com água em cinco anos.

Guterres: "não houve cessar de hostilidades” na Síria

No Conselho de Segurança, secretário-geral avaliou implementação da resolução 2401; decisão pede cessar-fogo de 30 dias; chefe da ONU informou que nenhum ponto da resolução foi cumprido totalmente.

Secretário-geral declara “momento de mudança” para meninas e mulheres

António Guterres discursou na abertura da 62ª. sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher; encontro deste ano é dedicado às mulheres que vivem em zonas rurais.

Diálogo entre Coreia do Norte e Estados Unidos recebe apoio da ONU
BR

Secretário-geral António Guterres elogia liderança e visão dos lados envolvidos e reforça seu apoio para todos os esforços em prol da desnuclearização pacífica da Península Coreana; presidente americano Donald Trump deve se reunir em maio com líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Guterres diz que poder é questão central para igualdade de gênero

Em mensagem sobre o Dia Internacional da Mulher, secretário-geral da ONU, António Guterres, afirma que mundo é dominado por homens e tem uma cultura comandada por eles.

Forças Democráticas Aliadas por trás de ataques à ONU na RD Congo

Grupo rebelde usou mesmo modos operandi durante as três ações contra soldados de paz; investigação especial nota que treinamentos da Monusco precisam melhorar; Guterres condena ataques na Burkina-Fasso, enquanto na Nigéria, trabalhadores humanitários são mortos.