António Guterres

Nova subsecretária-geral para a Comunicação Global inicia funções na ONU

Melissa Fleming, dos Estados Unidos, ocupava desde 2009 cargo de chefe de Comunicação Global e porta-voz da Agência das Nações Unidas para Refugiados; ela sucede a Alison Smale, do Reino Unido. 

Secretário-geral participa em reunião do G7 com África, desigualdade e clima na agenda

António Guterres diz que temas em destaque são suas prioridades; encontro das sete maiores economias mundiais acontece entre sábado e segunda-feira.

Guterres alerta para número crescente de ataques por causa de religião ou crença

Neste 22 de agosto, as Nações Unidas marcam pela primeira vez o Dia Internacional em Homenagem às Vítimas de Atos de Violência Baseada na Religião ou Crença; secretário-geral diz haver riqueza e força na diversidade.

ONU renova compromisso com vítimas do terrorismo

Esta quarta-feira, 21 de agosto, marca o Dia Internacional em Memória e Tributo às Vítimas de Terrorismo; para o secretário-geral, a data “lembra que não importa há quanto tempo um ataque aconteceu, as vítimas continuam a lutar com seu legado.”

Mulheres que atuam em crises são homenageadas no Dia Mundial de Assistência Humanitária

ONU destaca papel feminino no apoio a civis na linha de frente; em média, 280 trabalhadores de auxílio sofrem ataques por ano; brasileiro Sérgio Vieira de Mello morreu há 16 anos num ataque em Bagdá, no Iraque.

Guterres diz que novos recordes de temperatura exigem “mudanças rápidas e profundas”

Falando a jornalistas em Nova Iorque, secretário-geral disse que esta é uma corrida que o mundo pode e deve vencer; chefe da ONU falou ainda sobre tensões no Golfo Pérsico, atritos entre Estados Unidos e China e diferenças entre países com armas nucleares.

Proporção de vítimas infantis de tráfico mais do que dobrou em 12 anos

O Dia Mundial Contra o Tráfico de Pessoas é marcado em 30 de julho. Segundo o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, cerca de 72% das vítimas são mulheres e meninas e o porcentual de vítimas infantis mais do que dobrou de 2004 a 2016, chegando a perto de 30%.

Chefe da ONU vive “força” do povo moçambicano em área atingida por ciclone

António Guterres fecha visita a Moçambique após interagir com crianças em salas de aula sem teto, mulheres cultivando sem ferramentas e pessoas que não podem ver, ouvir ou falar; sobreviventes relataram episódios de destruição e esperança.

Em Moçambique, Guterres pergunta “Quantos tiveram a casa destruída?” e todos levantam o braço

Escola com centenas de crianças na segunda maior cidade de Moçambique continua a operar sem teto; chefe da ONU esteve com pessoas com deficiências que sofreram com o desastre natural da África Austral em décadas; secretário-geral visita campo de reassentamento.*

Declarações do secretário-geral António Guterres em Moçambique

O secretário-geral das Nações Unidas disse esta quinta-feira, em Maputo, que “Moçambique tem autoridade moral inegável” para pedir apoio da comunidade internacional depois dos ciclones que atingiram o país em março e abril.  António Guterres falava aos jornalistas no final de um encontro com o presidente moçambicano, Filipe Jacinto Nyusi, e vários membros do governo.