António Gumende

Captura vídeo

Nova fase de ajuda para recuperar Moçambique

O embaixador de Moçambique junto às Nações Unidas explica a segunda fase da ajuda humanitária, a fase de reconstrução. António Gumende acaba de chegar do país, onde acompanhou de perto o impacto dos dois ciclones que aconteceram em 45 dias. Na sede da ONU, o representante participou de uma reunião, na quarta-feira, para debater as formas de apoio da comunidade internacional.

António Gumende, embaixador de Moçambique junto às Nações Unidas.
Reprodução

Nova fase de ajuda para recuperar Moçambique

Neste Destaque ONU News Especial, o embaixador de Moçambique junto às Nações Unidas explica a segunda fase da ajuda humanitária, a fase de reconstrução. António Gumende acaba de chegar do país, onde acompanhou de perto o impacto dos dois ciclones que aconteceram em 45 dias. Na sede da ONU, o representante participou de uma reunião, na quarta-feira, para debater as formas de apoio da comunidade internacional.

Moçambique focará em desenvolvimento na cooperação com ONU para 2018 BR

Embaixador do país africano junto às Nações Unidas em Nova Iorque, António Gumende, diz que “alicerces da colaboração” estão bem alinhados com objetivos estabelecidos pelo governo de Moçambique, que priorizam as pessoas.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.*

Moçambique deverá continuar sua cooperação com as Nações Unidas em 2018 priorizando a questão do desenvolvimento, mas também a concertação político-diplomática com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, na ONU.

Entrevista: António Gumende

Embaixador de Moçambique junto às Nações Unidas afirma que seu país priorirzará o desenvolvimento na cooperação com a ONU em 2018.

António Gumende também destacou o papel da Comunidades dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, em sua colaboração com as Nações Unidas e a situação política na Guiné-Bissau, que tem sido tratada no Conselho de Segurança.

Para o embaixador de Moçambique, a língua portuguesa é um forte elo de ligação entre os países lusófonos nas Nações Unidas.

Entrevista: Moçambique conta com Guterres para seguir diálogo para a paz

O embaixador de Moçambique junto às Nações Unidas António Gumende espera que com a organização liderada por António Guterres continue o seguimento ao processo para restabelecer a paz “até ao seu desfecho” no país.

O governo e o maior partido da oposição, Renamo, estão envolvidos em sessões que discutem o tema com apoio de mediadores internacionais.

Em Nova Iorque, o embaixador moçambicano António Gumende disse que o ciclo de liderança de Guterres priorize a gestão da paz no mundo ao mesmo tempo que as “grandes agendas” da organização.