António Guterres

Para Guterres, ignorar o Afeganistão seria “erro perigoso”
BR

Para Guterres, ignorar o Afeganistão seria “erro perigoso”
BR

Alto comissário da ONU para Refugiados pede à comunidade internacional que volte a atenção para o país; um a cada cinco habitantes já foi refugiado; 2,6 milhões de afegãos estão espalhados por 70 países, como Irã e Paquistão.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Número de refugiados aumentou mais de 50% em 10 anos
BR

Alerta foi feito esta segunda-feira pelo alto comissário da ONU para refugiados; António Guterres afirmou que o trabalho das organizações humanitárias está mais perigoso atualmente.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Número de refugiados aumentou mais de 50% em 10 anos
BR

Trabalho de entidades humanitárias é mais perigoso, diz chefe do Acnur

Trabalho de entidades humanitárias é mais perigoso, diz chefe do Acnur

António Guterres fala de mundo frágil, mais confrontos e conflitos complexos; alto comissário disse que Sudão do Sul registou mais de 500 mil deslocados num ano; pronunciamento foi feito no Comité Executivo da agência.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Emergência de refugiados na Europa: Acnur faz apelo por US$ 128 milhões
BR

Emergência de refugiados na Europa: Acnur faz apelo por US$ 128 milhões
BR

Segundo agência, mais de meio milhão de pessoas, a maioria refugiados, atravessaram o mar Mediterrâneo em busca de segurança este ano; em entrevista à Rádio ONU, alto comissário para Refugiados, António Guterres,  falou que é preciso abstrair dos números “e olhar para cada família refugiada”.

Áudio -

Ban Ki-moon elogia decisão da UE para ajudar refugiados
BR