Angola

Angola quer maior influência no debate global sobre questões de género

Ministra da Família e Promoção da Mulher defende mais participação na organização da CSW; governante quer  uma voz angolana na definição de temas   globais no evento anual.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Angola quer maior influência no debate global sobre questões de género

Quarta de Empregos (9)

As mulheres têm de se afirmar e ir à luta, nada é de mão beijada”, diz deputada

Parlamentar da Assembleia Nacional de Angola, Ruth Mendes falou à ONU News durante participação na CSW61; segundo ela, a guerra civil em Angola ajudou a igualar homens e mulheres nos campos de batalha, o que depois foi um ponto positivo na política partidária.

Áudio -

As mulheres têm de se afirmar e ir à luta, nada é de mão beijada”, diz deputada

Entrevista: Ruth Mendes

Deputada da Assembleia Nacional de Angola, Ruth Mendes liderou uma delegação de parlamentares mulheres do país à CSW61, a Comissão sobre o Estatuto da Mulher, que se reúne até 24 de março em Nova Iorque.

Áudio -

Entrevista: Ruth Mendes

“Lei do trabalho de Angola protege e promove direitos das mulheres”
BR

Afirmação foi feita pela ministra angolana da Família e Promoção da Mulher durante reunião da CSW; Filomena Delgado disse que os homens são maioria no funcionalismo público com isso muitas mulheres seguem para o setor informal para sustentar famílias.

Áudio -

“Lei do trabalho de Angola protege e promove direitos das mulheres”
BR

Angola aposta na “participação plena das mulheres” nas eleições de 2017

País quer maior presença feminina na macroeconomia e no mercado formal; desafios da formação destacados pela ministra angolana da Família e Promoção da Mulher em Nova Iorque.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -