Angola

Luanda abre Bienal para desenvolver cultura de paz em África

Iniciativa reúne perto de dois mil participantes durante cinco dias em Angola; participantes no primeiro dia do evento incluem presidente de Angola, presidente da Comissão da União Africana, diretora-geral da Unesco e Prémio Nobel da Paz de 2018. *

Angolana vence prémio Jovens Campeões da Terra

Em entrevista à ONU News, a bióloga Adjany Costa explica a importância do prémio do Programa da ONU para o Meio Ambiente; distinção é entregue em Nova Iorque a 26 de setembro.

Bióloga angolana Adjany Costa vence prémio Jovens Campeões da Terra

Ambientalista foi escolhida pelos esforços de conservação de água e biodiversidade; brasileira Anna Luísa Beserra foi outra dos sete premiados; distinção é entregue em Nova Iorque a 26 de setembro.

Milhares de refugiados da República Democrática do Congo deixam Angola

Cerca de 8,5 mil refugiados deixaram o assentamento de Lóvua na província da Lunda Norte; Agência da ONU para Refugiados e governos nacionais estão acompanhando o movimento e prestando assistência. 

O poder de rainhas e guerreiras que Angola trouxe para reflexão sobre igualdade de género

Assembleia Geral convidou primeira-dama angolana para 2ª reunião do Grupo de Mulheres Líderes pela Igualdade do Género; representante destacou educação  como factor principal de desenvolvimento e paridade.

Angola e parceiros internacionais vão aplicar US$ 260 milhões em ações conjuntas até 2022

Prioridades do novo Quadro de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável foram adotadas em Luanda; coordenador residente da ONU diz que jovens podem dinamizar economia inclusiva.

“Precisamos todos uns dos outros”, diz Angola sobre acolhimento de refugiados

Embaixadora do país participa na Série de Diálogos sobre África; território angolano acolhe 70 mil refugiados e candidatos a asilo; representante cita exemplos de Moçambique e Namíbia para defender inclusão de deslocados.

Programa de rádio com crianças refugiadas é "caso de sucesso” em Angola

Unicef ajudou a criar duas emissoras em assentamento de refugiados da República Democrática do Congo; iniciativa envolve cerca de 150 refugiados e passa mensagem sobre água, condições sanitárias, nutrição, saúde e educação para a paz.

CSW63: Angola quer ajudar pessoas vulneráveis gerindo melhor recursos disponíveis

Partilha de experiências com países lusófonos interessa ministra da Ação Social, Família e Mulher; reunião na ONU é vista como momento para promover ganhos em prol da igualdade de género no país.

CSW63: ministra de Angola explica projetos do governo para mulheres

A ministra da Ação Social, Família e Mulher de Angola participa da 63ª Sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher, CSW63, que acontece na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. Faustina Alves fala sobre os programas criados para aumentar a proteção de mulheres em situação de vulnerabilidade no país, e contatos com outros países de língua portuguesa para compartilhar experiências nessa área