Angola

Criação da Academia de Letras em Angola fortalece lusofonia, diz Portugal

A afirmação é do presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, que saudou a iniciativa do país africano de promoção da língua e da literatura; em entrevista à Rádio ONU, em setembro, o dirigente afirmou que a ação de países, a sua maneira, no domínio da língua são um passo na direção certa.

OMS alerta sobre atrasos para identificar febre amarela em Angola

Angola crê que Guterres dará “direção necessária para o momento” na ONU