América Latina

Países decidem controlar população de girafas após perda de até 40% em 30 anos
BR

Decisões sobre elefantes, felinos e outros mamíferos para promover a conservação e o uso sustentável da vida selvagem em todo o mundo; conferência em Genebra listou todas as espécies de cedro da América Latina em anexos de acordo com grau de proteção que precisam.

Efeitos do clima deixam mais de 1,4 milhão de pessoas precisando de assistência alimentar urgente na América Central
BR

Estimativa é de que padrões climáticos erráticos no chamado Corredor Seco tenham provocado perdas das plantações de 2,2 milhões de pessoas da região; secas causaram a maior parte dos danos.

“Biodiversidade que sustenta o sistema alimentar está desaparecendo”, alerta a FAO
BR

Novo estudo indica que América Latina e Caribe apresentam maior queda de espécies de alimentos silvestres; região é seguida pela Ásia e Pacifico e África; Brasil identificou 1.173 espécies da fauna ameaçadas de extinção.

Mais de 3,4 milhões de venezuelanos já deixaram o país
BR

Colômbia é o maior anfitrião com 1,1 milhão de migrantes e refugiados da Venezuela; Brasil é o sexto país que mais recebe estes migrantes; em 2018, houve 74% do total dos pedidos de asilo apresentados por venezuelanos nos últimos cinco anos.

Diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva

Novo relatório afirma que a desigualdade aumenta a fome, a desnutrição e a obesidade na América Latina e no Caribe; todos os anos, mais 3,6 milhões de pessoas se tornam obesas na região; diretor geral da agência explica quais são os grandes desafios.

A América Latina e o Caribe têm a segunda taxa mais alta de gravidez entre adolescentes do mundo

15% das mulheres grávidas da região têm menos de 20 anos. Esse levantamento foi feito pelo Unicef e outras agências da ONU.

Os detalhes foram apresentados pela repórter da ONU News, Leda Letra, no programa Globo Notícia Américas, apresentado por Mila Burns na Globo Internacional. O programa foi ao ar domingo, 4 de março de 2018.