Amatijane Cande

Falta de especialistas expõe fragilidades na saúde materna e neonatal na Guiné-Bissau
BR

Iniciativa do Unfpa treina pessoal para lidar com carência de obstetras e ginecologistas qualificados; falta de pessoal adia por seis anos funcionamento de bloco operatório; Região de Quinara perde mais do triplo da média nacional de 746 mulheres em cada 100 mil partos.*