Ajuda Humanitária

Assaltantes de navio da ONU detidos na Somália

A polícia da Somália informou ter detido quatro homens acusados de participar do sequestro de um navio cargueiro do Programa Mundial de Alimentos, PMA, na costa nordeste da Somália.

Somália prende suspeitos de assaltar navio da ONU
BR

A polícia da Somália informou ter detido quatro acusados de participar do seqüestro de um navio cargueiro do Programa Mundial de Alimentos, PMA, na costa nordeste da Somália.

Navio da ONU com alimentos sequestrado na Somália

A porta-voz do Programa Mundial de Alimentos, PMA, afirmou que o ataque ao cargueiro da ONU, na Somália, só piora a situação humanitária no país.

Gol contra Pobreza

Os astros do futebol Ronaldo, do Brasil, e Zinédine Zidane, da França estão convidando jogadores de todo o mundo para montar duas seleções rivais contra a pobreza. O jogo beneficente deve ocorrer em março, na França.

ONU deve doar US$ 9 milhões às vítimas das cheias em Moçambique

Várias agências humanitárias das Nações Unidas pediram ao Fundo Central da ONU para Respostas de Emergência, uma ajuda de US$ 9 milhões para socorrer vítimas das enchentes em Moçambique.

Acnur mobiliza US$ 14 milhões para ajudar refugiados colombianos
BR

O Alto-Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, lançou um apelo de ajuda a 350 mil deslocados internos na Colômbia.

Ban pede ao Sudão que coopere com Conselho de Direitos Humanos
BR

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, reforçou um apelo ao governo do Sudão para que o mesmo coopere com a decisão do Conselho de Direitos Humanos de enviar uma missão ao país.

Acnur elogia decisão dos EUA de asilar 7 mil refugiados iraquianos
BR

O alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres, elogiou a decisão do governo americano de acolher cerca de 7 mil refugiados do Iraque.

PAM alerta para piora da situação de cheias em Moçambique

O Programa Alimentar Mundial, PAM, alertou para riscos de agravamento da situação em Moçambique por causa das enchentes que afectam o país.

Ocha investirá US$ 80 milhões em países com crises esquecidas

O Escritório da ONU para Assistência Humanitária, Ocha, anunciou que destinará o equivalente a US$ 85 milhões para ajudar 15 países que abrigam as chamadas “crises esquecidas” ou situações de conflitos que caíram no esquecimento.