Ajuda Humanitária

PAM lança apelo de US$ 230 milhões para o Quénia

País da África Oriental enfrenta uma grave crise alimentar, causada pela falta de chuvas e alta dos preços da comida; agência da ONU indica que o Quénia conhece actualmente uma das suas piores crises dos últimos 10 anos.

Aumento de confrontos agrava crise no Iêmen
BR

Maior parte dos combates acontece na cidade de Saada, capital da província de mesmo nome; segundo Acnur, o local está sem água e luz há 15 dias, e há ainda falta de combustível e escassez de alimentos.

Escalada de confrontos agrava crise no Iémen

Segundo números do governador de Saada, a região mais afectada pelo conflito, cerca de 119 mil pessoas estão agora deslocadas na área; conflito opõe rebeldes xiitas a governo de maioria sunita.

Chefe do Unicef visita crianças na RD Congo

Ann Veneman vai ouvir em primeira mão relatos de atrocidades de famílias que fugiram de suas casas para escapar aos recentes confrontos no leste do país; nota do órgão descreve crise na RD Congo como uma das piores do mundo.

Programa do Acnur beneficia refugiados no Equador (Português Brasil)

Iniciativa das Nações Unidas, em cooperação com o governo equatoriano, visa dar documentação e ajuste de status a cerca de 135 mil refugiados colombianos que vivem no país; processo, que tinha uma duração de 4 a 12 meses, hoje leva de 8 a 12 horas para ser concluído.

ONU pede trégua para permitir ajuda ao Iémen (Português África)

Segundo o Acnur, 35 mil pessoas foram deslocadas pelos confrontos no norte do país só nas últimas duas semanas; Ban Ki-Moon expressou preocupação pela escalada das hostilidades.

ONU ajuda vítimas de violência no norte do Iémen

Montante de mais de US$ 200 mil vai ajudar civis afectados pelos combates no norte do país entre tropas do governo e rebeldes; Ban Ki-moon já expressou preocupação pela violência.

PAM precisa de US$ 870 milhões para operações no Sudão

Agência da ONU disse que continua a assistir 3,6 milhões de pessoas em Darfur; órgão indicou que a população do Sul do Sudão ainda não colheu os dividendos da paz, após o fim da guerra civil em 2005.

PMA adota medidas de prevenção no Haiti
BR

O Programa Mundial de Alimentos armazenou mais de 5,7 mil toneladas de alimentos, suficientes para alimentar 500 mil pessoas durante um mês; órgão contará com 63 veículos para a distribuição de remédios e material de construção.