Ajuda Humanitária

Unicef registra crianças no Haiti

Agência da ONU presta assistência a todos os menores que perderam a família; dados mostram que quase 40% da população haitiana tem menos de 14 anos.

Unicef preocupado com crianças desacompanhadas no Haiti

A agência da ONU sublinha que as crianças, perdidas pela capital haitiana, são especialmente vulneráveis a doenças, desnutrição e exploração, incluíndo tráfico.

ONU no Brasil lança campanha para ajudar vítimas do terremoto
BR

Vídeo de 15 segundos começou a ser veiculado; duas contas bancárias foram abertas, uma em nome do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, a outra para o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.

Menino britânico de sete anos arrecada US$240 mil para crianças haitianas
BR

Contribuições deveriam ser feitas por meio da página do garoto na internet, onde estava estabelecida a meta de US$800, cerca de R$1,5 mil; esforço do menino estimulou doações de lugares distantes, como Hong Kong e Nova Zelândia.

Ban: Afegãos precisam saber que terão apoio a longo prazo
BR

Em pronunciamento a jornalistas na sede da organização em Nova York o Secretário-Geral da ONU afirmou que é preciso uma abordagem mais equilibrada, e que a estratégia civil não pode ser apenas um complemento da estratégia militar no país.

Doadores respondem de forma generosa a apelo para Haiti

Ocha alertou, porém, que alguns sectores do apelo, incluindo a agricultura e educação, não receberam os fundos desejados; Arábia Saudita é um dos principais contribuintes para os esforços de reconstrução no país caribenho.

Reconstrução do Haiti deve privilegiar os direitos humanos

Alta Comissária da ONU para Direitos Humanos, Navi Pillay, disse em comunicado que uma vigilância apertada deve ser exercida para proteger os mais vulneráveis; ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, afirmou que é preciso assegurar a auto-estima e dignidade dos haitianos.

ONU participa na reunião de Londres sobre o Iémen

Para as Nações Unidas, o encontro deveria concentrar-se sobre questões económicas, humanitárias e de desenvolvimento; conferência é organizada pelo primeiro ministro britânico, Gordon Brown.

ONU condena ataque contra hospital em Mogadíshio (Português África)

Representante de Ban Ki-moon para o país descreveu o ataque como um acto covarde que vai aumentar o sofrimento da população somali; centro recebe 3,2 mil pacientes civis por mês, incluindo mulheres e crianças.